Marcação Online
Ligue Grátis
Fale Connosco

Blog

Não guardamos segredos. Queremos partilhar tudo consigo! Fique a par do Universo PNID!

Curiosidades

Dentes naturais ou Implantes: nem vai notar a diferença!

By Maria Silva | 24/01/2019

Incomoda-lhe a falta de um ou mais dentes cada vez que se olha ao espelho? Imagino que se sinta desconfortável, com alguma vergonha em sorrir e falar por não ter o seu sorriso completo.

Hoje vamos explicar mais sobre a aparência natural dos dentes no tratamento de implantes dentários.

Saiba que os implantes dentários são a opção mais parecida com um dente natural e a boa notícia é que a diferença não é facilmente percebida, tal é a semelhança entre o implante e o seu dente natural. Os dentes usados no tratamento são feitos de um material confortável, com aparência e detalhes muito próximos ao dente natural o que torna o seu sorriso mais harmonioso e radiante. 

Nem vai notar a diferença em relação aos seus dentes naturais.

Graças à colocação de implantes é possível voltar a sentir-se mais confiante na sua vida pessoal e profissional, aumentar a autoestima e mudar o olhar que tem sobre si próprio e sobre o mundo que o rodeia. 

Voltar a gostar de si é dos maiores prazeres que o implante proporciona!

Além dos benefícios estéticos, os implantes dentários têm também benefícios funcionais, contribuindo para uma melhor mastigação e fala mais clara, permitindo assim devolver-lhe a confiança que julgava perdida. Feitos de titânio puro, a sensação e o encaixe são muito semelhantes aos dentes naturais, tornando-se difícil distinguir, à primeira vista, se tem ou não implantes.

Perfeito! Mas os dentes são todos diferentes. Como ficam parecidos com os meus naturais?

Uma das principais vantagens da colocação de implantes dentários é que são personalizados de acordo com as características da sua boca, acabando por ajustar-se, assim, de forma natural –ou seja, o dente é feito de acordo com as suas necessidades, para a sua boca.

São também resistentes a fatores externos e compatíveis com o organismo, com o objetivo de minimizar a possibilidade de rejeição. Assim como os dentes naturais, que o acompanham durante toda a sua vida, também os implantes podem ter a mesma durabilidade se não for descurada uma boa saúde oral e hábitos de higiene adequados.

A boa higiene oral é essencial para cuidar dos dentes naturais e também para quem tem implantes.

E é um procedimento seguro? 

Sim, é bastante seguro. A taxa de sucesso de colocação de implantes dentários é de 98%, quando feita numa clínica especializada. A realização do procedimento num local de confiança e através de um médico dentista qualificado é o primeiro passo para restaurar o seu sorriso de uma forma natural. Com o PNID – Programa Nacional de Implantes Dentários encontrará a solução que precisa para voltar a sorrir para a vida.

Marque já a sua consulta de avaliação oral sem custos!

Relacionado
Mais Saudavel
Existe relação entre desempenho no desporto e a saúde oral?
By Monia Manske | 06/12/2019

Se costuma praticar algum desporto no dia-a-dia, deve ter ainda mais cuidado com a sua saúde oral, pois o seu rendimento desportivo pode diminuir se algo não estiver bem com a sua boca. Para que fique bem informado, vamos explicar-lhe qual a relação entre o desempenho no desporto e a saúde oral, que influências o desporto tem no nosso organismo e como mantê-los em sintonia.

Entenda de que forma a sua saúde oral influencia a atividade física que pratica, e quais os problemas dentários mais comuns para quem pratica desporto.

O desporto e a saúde oral: mitos e verdades

Vários estudos demonstram que quando os atletas praticam exercício físico, a quantidade de saliva diminui e a boca fica seca, mesmo que sejam ingeridos líquidos durante a prática desportiva (o que é recomendado). À medida que o treino avança, a composição química da saliva muda e torna-se mais alcalina, o que contribui para o desenvolvimento de tártaro e de outros problemas dentários, como cáries e inflamações. Ao longo do tempo, se estes problemas forem ignorados e não tiverem a devida atenção, podem facilmente conduzir à perda dentária e causar outros problemas ao atleta.

 

 

 

O consumo de bebidas energéticas associadas a treinos que exigem um maior rendimento e desempenho, por exemplo, também deteriora o esmalte dentário, enquanto a utilização de suplementos alimentares ricos em proteína pode causar problemas de mau hálito.

 

 

Mas afinal qual a relação entre rendimento no desporto e a saúde oral?

Não há mistérios: os problemas dentários existem. A diferença é que vai passar a olhar para eles de outra forma.

Atenção às cáries!

 

As bactérias que levam ao aparecimento de cáries ou problemas das gengivas podem causar infeções e espalhar-se pela corrente sanguínea até atingir outros órgãos como o coração, os rins e os pulmões, ou alojar-se em articulações, causando lesões e dificultando a recuperação dos atletas. Desta forma, a recomendação mais simples é cuidar da higiene oral diariamente e manter as visitas regulares ao dentista, para que possa manter o bom funcionamento do corpo, o rendimento no desporto e, também, a sua saúde oral em dia.

 

Tem falta de dentes?

Se já sofre de perda dentária ou inclusive se sofre de má oclusão – relação de encaixe dos dentes superiores com os inferiores que dificulta a mastigação e a higiene oral – poderá vir a ter problemas que acabam por prejudicar a alimentação, a digestão e como consequência, têm um impacto negativo na absorção dos nutrientes de que o organismo necessita. Estas situações podem provocar desequilíbrios musculares, dores de cabeça, desconforto e stress, além dos problemas nutricionais que podem ser sentidos a curto prazo. Felizmente, hoje em dia existem opções seguras, como o uso de aparelhos ortodônticos e a colocação de implantes dentários, que podem ajudá-lo a recuperar a capacidade funcional dos seus dentes e devolver-lhe o sorriso. Os implantes são uma forma simples e moderna de manter o desempenho no desporto e a saúde oral bem cuidada.

 

Defenda o seu sorriso!

Um estudo recente revelou que cerca de 5 milhões de dentes são perdidos, por ano, como consequência de atividades desportivas - entre as quais: bicicleta, corrida, lutas, jogos coletivos como o futebol e o basquetebol, entre outros. Ninguém está imune de sofrer uma queda durante a prática desportiva.

Por isso, pratique exercícios que cuidem do seu corpo e da sua mente, mas não se esqueça de cuidar do sorriso. Se por acaso praticar desportos mais agressivos ou de contacto, como o boxe, por exemplo, é aconselhável a utilização de protetores bocais. E, caso sofra a perda de algum dente devido à prática desportiva, não desespere - pois o seu caso tem solução. As restaurações dentárias ou os implantes dentários servem para ajudá-lo a recuperar o seu sorriso e permitir que as funções mastigatória e da fala, além da parte estética e da autoestima, se restabeleçam. 

 

Prevenir é o melhor remédio!

Agora que já tem mais informação sobre a relação da saúde oral com a prática desportiva, consegue perceber que os dentes dos desportistas estão expostos a vários perigos que podem provocar a sua rápida deterioração, entre os quais, fatores relacionados com a alimentação. Um atleta com uma alimentação desequilibrada e pobre em nutrientes devido a dificuldades mastigatórias pode vir a sofrer de problemas de saúde e de baixo rendimento desportivo. Sentir-se fraco por não se poder alimentar corretamente, ou sofrer com consequências de problemas dentários já instalados vai certamente afetar outras partes do seu organismo. É por isso que deve estar atento, observar o seu corpo, os sintomas que sente e procurar ajuda médica sempre que for necessário. 

Queremos garantir que o seu desempenho desportivo e a sua saúde oral andam lado a lado, de forma a que possa alcançar os seus objetivos.

Neste sentido, vale a pena reforçar que deve ter um cuidado especial com a sua higiene oral diária e fazer visitas regulares ao dentista se quiser manter os seus dentes e gengivas saudáveis. 

Assim, se for identificado algum problema dentário pelo seu médico dentista durante a sua consulta de avaliação oral, o tratamento será menos invasivo, mais rápido e, por conseguinte, irá recuperar mais facilmente. Não deixe que um problema dentário simples seja responsável por uma quebra no seu rendimento desportivo, ou por problemas de saúde, que poderiam facilmente ser evitados com o cumprimento dos cuidados básicos de higiene oral.

Dicas
8 razões para confiar no PNID
By Monica Manske | 26/11/2019

Portugal tem um elevado número de pessoas com problemas dentários. Cerca de 70% da população tem dentes naturais em falta (sem contar com os dentes do siso) e mais de 55% da população não tem nenhuma solução para substituir os dentes em falta. Por isso é que existe um número tão elevado de clínicas dentárias e ações para que a população portuguesa reabilite a sua saúde oral. Mas como escolher uma clínica de confiança para voltar a sorrir?

A escolha da clínica de confiança para tratar sua saúde oral e recuperar seu sorriso deve atender alguns requisitos básicos.

Selecionámos 8 razões que deve ter em consideração e que o PNID - Programa Nacional de Implantes Dentários segue à risca, no que respeita a reabilitação dos sorrisos dos portugueses, de norte a sul do país.

1 - Clínicas de Norte a Sul de Portugal

Um dos pontos mais importantes para recuperar a saúde oral dos portugueses é ter clínicas bem localizadas. São mais de 10 clínicas nas cidades mais emblemáticas de Portugal, que atendem todos os que necessitam de cuidados com a sua saúde oral. Sem precisar de fazer grandes deslocações, pode usufruir dos cuidados médicos experts em implantes dentários disponibilizados pelo PNID.

2 - Clínicas modernas

Para além da boa localização, que é uma mais valia em todos os sentidos, é preciso ter atenção às instalações da clínica. Quando for à clínica para fazer a avaliação oral sem custos (falaremos disso mais adiante!) a que tem direito, observe o ambiente. Verifique se está limpo, se as instalações são confortáveis, e se os materiais e equipamentos estão organizados e em boas condições. Veja ainda se a clínica lhe transmite a confiança que deseja. Afinal, será neste local que fará uma cirurgia para colocação de implantes dentários!

Nas nossas clínicas temos todo o cuidado e respeito às mais rigorosas regras de higiene e manutenção.

3 - Excelente atendimento

Igualmente importante é a forma como é recebido na clínica, quer na receção, como pelos médicos dentistas e gestores de paciente. Perceba se existe respeito e profissionalismo por parte de quem vai cuidar de si. Afinal, todos os pacientes merecem a atenção, para que se sinta confortável e confiante para realizar o procedimento que vai transformar a sua vida para melhor. Fatores como o atendimento humanizado são indispensáveis para que escolha a sua clínica de confiança.

4 - Experts em implantologia dentária

Não podemos deixar de falar da nossa vasta experiência com implantes dentários. Mas, para além disso, tratamos desde cáries a gengivites, em pacientes que façam também a colocação de implantes dentários, porque essa é a nossa área de expertise. E isso significa que tudo o que envolve os tratamentos de reabilitação oral - técnicas, materiais, profissionais e instalações - são os mais adequados para realizar cirurgias e reabilitações orais de todos os níveis, das mais simples às mais complexas. Não há casos de medicina dentária relacionados com implantes dentários que não possam ser realizados com sucesso pela nossa equipa expert em implantologia.

5 - Clientes satisfeitos

Podemos falar de números de casos de sucesso para que perceba o tamanho da nossa expertise, mas nada melhor que os pacientes falarem sobre seus tratamentos dentários feitos nas nossas clínicas. Os testemunhos na primeira pessoa são fontes de confiança e verá nos seus sorrisos o trabalho de excelência realizado pelos nossos profissionais.

Conheça alguns casos, como o da Hortense, o do casal Helena e Gabriel, e até o do António, que tem a sua filha como porta-voz da sua transformação.

Somando todos estes casos, já somamos milhares de pacientes com sorrisos renovados e com a saúde oral recuperada. Os números que reforçam esta confiança impressionam: ao longo de 8 anos, já ultrapassámos a marca dos 40.000 casos de sucesso na colocação de implantes dentários. 

Tantos pacientes satisfeitos e felizes enchem-nos de gratidão, pois trabalhamos diariamente para sermos a clínica de confiança do seu sorriso.

6 - Condições de pagamento facilitadas

A nossa sexta razão para que o PNID se torne a sua marca de confiança passa pelas condições de pagamento. Somos uma rede de clínica que quer oferecer sempre o melhor e fazemos com que o melhor caiba no seu orçamento. Sim, aqui dispõe de condições de pagamento à medida do seu caso, de forma a que o tratamento com implantes dentários seja uma realidade que não tenha um impacto demasiado grande no seu orçamento. Nada melhor do que, ao comparecer à sua consulta de avaliação oral sem custos, receber o seu plano de tratamento e, com ele, ter acesso também a condições de pagamento com entrada facilitada e com mensalidades à sua medida. Voltar a sorrir é ter dentes saudáveis e ainda poupar!

7 - Eficiência e eficácia nos serviços

Não podemos deixar de falar de uma questão que tem muito peso para todos os pacientes que nos procuram: para resolver de forma rápida o lado estético, ou até funcional, devido aos problemas dentários, ao passar por uma cirurgia para colocação de implantes dentários, num prazo muito curto de tempo (cerca de 30 dias, quando tudo ocorre conforme planeado), o paciente já pode usufruir de próteses provisórias. Essa facilidade torna-se um diferencial importante, pois em poucos dias um paciente pode recuperar as funções mastigatórias e da fala. Para além disso, há melhorias incríveis do ponto de vista visual e da autoestima, enquanto aguarda pela colocação das próteses definitivas. Informe-se sobre isso na sua consulta de avaliação oral sem custos.

8 - Taxa de sucesso superior a 95%

A colocação de implantes dentários nas nossas clínicas tem uma taxa de sucesso superior a 95%. Ou seja, o índice de segurança e fiabilidade é altíssimo. E é por isso que podemos ser a sua clínica de confiança! Os implantes dentários são feitos de material biocompatível (titânio) e somando a isso a expertise da nossa equipa de médicos dentistas e de todos os que acompanharão o seu tratamento do início ao fim, não há dúvidas de que podemos realizar o melhor tratamento para reabilitar a sua saúde oral.

Com tantas razões fortes para sermos a sua clínica de confiança, aconselhamo-lo a não esperar mais para dar o primeiro passo na direção do seu novo sorriso. 

Não adie o agendamento da consulta de avaliação oral a que tem direito, totalmente sem custos, e inicie agora mesmo a sua jornada em busca dum sorriso bonito e saudável. 

Na sua consulta de avaliação oral será feito um raio-X para o correto diagnóstico do seu caso. Também será avaliado pelo médico dentista e receberá um plano de tratamento. Este é o momento em que dará início a uma transformação maravilhosa na sua vida e o PNID orgulha-se de poder fazer parte dela, como sua clínica de eleição.

Solicite agora mesmo a sua consulta e venha conhecer-nos.

Confirme pessoalmente as 8 razões para sermos a sua clínica de confiança.

Mais Saudavel
Saúde Oral e autoestima: qual a relação?
By Monica Manske | 21/11/2019

É normal, com o passar dos anos, que o nosso corpo mude demasiado.

O nosso cabelo e as unhas perdem vigor, a pele começa a ficar flácida, a ter rugas e linhas de expressão mais marcadas e até a nossa musculatura fica mais frágil. Este conjunto de fatores mexe com a nossa autoestima e com a confiança que temos em nós mesmos. Ficamos cheios de dúvidas sobre a nossa aparência e a nossa jovialidade, mas costumamos esquecermo-nos de algo muito importante: o nosso sorriso. Vamos falar de autoestima e Saúde Oral no avançar da idade.

Ao longo dos diversos artigos já publicados sobre o tema "envelhecer com mais saúde", várias dicas foram apresentadas para si, como: praticar exercícios físicos, cuidar da alimentação, praticar atividades de lazer e também mudar hábitos pouco saudáveis de forma a que tenha mais disposição e energia para viver melhor. Sempre procurámos dar-lhe toda a informação necessária para melhorar as etapas que antecedem o seu envelhecimento. E hoje, não foge à regra!

Queremos falar sobre saúde oral e autoestima.

Com o avançar da idade, a autoestima passa a ser determinante na forma como cuidamos de nós próprios. Se estamos num momento difícil, mais introspectivo e até mesmo desanimado por conta de alguma situação, é comum que a aparência não seja prioridade e acabamos por deixá-la de lado. Um erro comum, mas que deve ser evitado a todo custo pelas consequências que traz consigo:

Problemas como uma imagem pouco cuidada - seja a pele, cabelo, peso acima do recomendado, roupas descuidadas, entre outros, podem levar ao isolamento e provocar um forte constrangimento social.

 

Aqui entra o tema que queremos abordar consigo: a autoestima prejudicada por problemas na boca e nos dentes!

Muitas pessoas descuidam da sua higiene oral e não dão importância aos  problemas dentários que começam pequenos e depois se agravam pela falta de cuidado, como um dente partido, uma cárie e até mesmo a halitose, que é nada mais nada menos do que mau hálito.

Como consequência, a boca fica com aspecto doente, começam os pequenos sangramentos e inflamações, que podem culminar em dentes amolecidos ou até mesmo, em perda dentária. Já imaginou o quanto isso influenciaria a sua aparência, o seu convívio social e a sua autoestima? Acha que muito, ou pouco?

A importância de um sorriso bonito e bem cuidado:

Uma boa saúde oral e um sorriso saudável e brilhante são o verdadeiro cartão de visita de uma pessoa. A autoestima resulta de um bemestar físico e emocional provenientes da imagem, da aparência e da apresentação pessoal. Por isso, cuidar não só do corpo e da mente, mas também dar atenção especial aos dentes e ao sorriso, é imprescindível - além de que, a boca pode ser a porta de entrada para outras doenças que afetam o nosso corpo.

Pense e reflita connosco: sabia que mais de 68% da população portuguesa sofre de problemas dentários? É um número bastante considerável e que se não forem tomadas medidas simples em relação aos cuidados básicos de higiene oral e ajuda profissional, podem causar perda dentária e provocar o desaparecimento do seu sorriso. 

Imaginamos que conheça pessoas que costumam levar a mão à frente da boca quando falam ou sorriem, para esconder os seus problemas dentários ou até mesmo o mau hálito, mas que muitas vezes por falta de informação, não recorrem a nenhum tratamento. Convivem por anos e anos com essa situação de insegurança e mal-estar e não procuram ajuda para melhorar a sua saúde oral.

É triste que uma população que está a aumentar a expectativa de vida não tenha cuidado com a sua boca e o seu sorriso, que além da estética, são tão importantes nas funções mastigatória e da fala.

 

Quais os impactos da saúde oral além da estética?

Sim, é isso mesmo que leu: a saúde oral influencia diretamente a sua fala e também a sua capacidade mastigatória. Se tem falta de algum dente e já fala com a boca mais fechada para esconder o seu sorriso, as pessoas não vão entender o que está a dizer e mais: a sua dicção propriamente dita fica prejudicada pelos problemas dentários.

Além disso, se sente dor de dentes ou está se tem alguma doença dentária, a sua alimentação também fica comprometida, já que vai evitar uma série de alimentos mais difíceis de mastigar. O resultado: a sua nutrição fica debilitada pois começa a consumir uma variedade mais limitada de alimentos, sendo mais um fator que abre portas para outras doenças, já que a sua imunidade também pode sofrer impactos negativos.

Uma situação leva a outra:

autoestima baixa = falta de cuidados com a saúde oral ou falta de cuidados com a saúde oral = baixa autoestima.

O facto de a idade chegar para todos não deve, de facto, ser motivo para não cuidar da aparência e da estética. Todos gostamos de olhar-nos no espelho e apreciar o que vemos - a nossa história está escrita em cada linha do nosso rosto, em cada mancha na pele, em cada ruga. E é essa história bonita que também é valorizada quando nos cuidamos, já que o nosso bemestar reflete-se na autoestima e também coloca um sorriso bonito no nosso rosto.

Um sorriso bonito e saudável exige cuidados, como a correta higiene oral diária e as visitas regulares ao dentista, mas certamente isso está ao seu alcance. Sorriso bonito e bem cuidado, saúde oral em dia e autoestima para viver a melhor idade com toda a felicidade e disposição que sempre imaginou.

Desta forma, estas são mais algumas dicas que trazemos para envelhecer com boa aparência e muita saúde. Cuide de si, ame-se e mantenha o seu corpo e a sua mente sempre saudáveis e em perfeito funcionamento.

Assim, se não nos deixarmos levar pela ideia de que estamos a envelhecer, podemos perfeitamente conjugar Saúde Oral e Autoestima. Por isso já sabe, cuide de si e da sua Saúde Oral: se tem vontade, consegue!

Quer receber conteúdos exclusivos, promoções e novidades que o vão ajudar a conseguir um sorriso de sonho?

Subscreva a nossa newsletter.

Li e aceito os Termos e Condições