Ligue Grátis
Fale Connosco

Blog

Não guardamos segredos. Queremos partilhar tudo consigo! Fique a par do Universo PNID!

Duvidas

Saiba como ter novas próteses dentárias provisórias até 30 dias

By Monica Manske | 23/09/2019

Os tratamentos dentários atuais estão tão modernos e seguros que é possível começar um tratamento para colocação de implantes dentários e em 30 dias já ter as suas novas próteses dentárias provisórias, enquanto termina o tratamento completo que renova o seu sorriso para sempre.

Quantas vezes demoramos semanas, meses e até anos para tomar uma decisão por nós mesmos, e que vai beneficiar a nossa vida? Ficamos cheios de dúvidas, medos e questões que nos impedem de tomar uma decisão no momento. Mas, o momento de viragem acaba por chegar e finalmente tomamos a decisão. Então, a nossa expetativa é que tudo se resolva em horas ou dias, queremos que se solucione tão depressa que ficamos ansiosos e até angustiados, apesar de termos levado muito mais tempo para decidir fazer essa mudança. Mas nessa altura sentimos que já não temos mais tempo a perder e a solução precisa de chegar rapidamente, de forma a atender o nosso desejo e resolver a nossa necessidade.

Se pensar que o ano tem 365 dias, 30 dias é muito pouco, ou quase nada!

Como tenho acesso a novas próteses dentárias provisórias até 30 dias?

Em algumas situações da vida, a decisão acontece e temos a solução quase que imediatamente. Noutras, não é bem assim.

Quando se fala em recuperar um sorriso que está comprometido, com dentes doentes e até com falta deles, temos alguns pontos importantes a ter em atenção, além da certeza de que precisa de tratar da sua saúde oral. O paciente que chega à clínica deve ter consciência de que todas as recuperações de saúde oral têm um início, um meio e um fim. São etapas que devem ser seguidas à risca para o sucesso do tratamento e que, para além de toda experiência do médico dentista, também precisam que o paciente tenha alguma paciência e comprometimento em todas as etapas. Só assim será possível usufruir das suas novas próteses dentárias provisórias até 30 dias e, no fim do processo, ter um sorriso perfeito e saudável, e explicamos o porquê. 

1 - Em vários casos de pessoas que atendemos, os dentes naturais do paciente foram maltratados e mal cuidados durante anos seguidos, sem a devida atenção, higiene e tratamentos dentários profissionais. Também podem ter sofrido as consequências de outras doenças e problemas com os quais o paciente não contava. 

2 - Os dentes vão sofrendo com cáries, inflamações que não saram e as doenças orais agravam-se pela falta de tratamentos até chegar à perda dentária. Neste ponto, o paciente já sente dores, a parte estética está comprometida, assim como a fala e a mastigação, fazendo com que tenha a qualidade de vida comprometida. 

3 - Até chegar a esta fase, passaram-se muitos meses ou anos, e um dos motivos é o tempo que o paciente demora para decidir e aceitar que deve procurar ajuda profissional. Sente dores, não pode comer tudo o que deseja, esconde o seu sorriso porque todos se apercebem da sua falta de dentes, causando vergonha e desconforto.

Essa situação assemelha-se à que vive atualmente? Então continue a ler!

4 - Chega ao ponto em que todas as possibilidades se esgotam: ou procura ajuda ou passará o resto da sua vida com vergonha de si mesmo e da sua imagem diante do espelho. Ao procurar por ajuda profissional, o médico dentista avalia a situação dos dentes e faz um diagnóstico completo do caso, explicando também o passo a passo do tratamento que reabilita a saúde oral do paciente.

5 - É neste momento que a expetativa do paciente em relação ao tempo de tratamento deve ser bem esclarecida. Se demorou anos a chegar à fase de perda dentária e adiou durante muito tempo a procura pelo tratamento, o seu caso não será resolvido num piscar de olhos. Faz sentido, não acha? Mas, ainda assim, é possível ter novas próteses dentárias provisórias num prazo muito curto de tempo. Estamos a falar de apenas 30 dias.

6 - De facto, existem tratamentos mais rápidos, mas que dependem muito do estado de saúde geral e da situação da boca do paciente, no que diz respeito a ossos e gengivas. Alguns pacientes podem usufruir de outros métodos de tratamento dentário para reabilitação oral, direcionados ao seu caso específico, mas aqui vamos falar do procedimento tradicional, feito com implantes dentários conhecidos como prótese fixa superior, inferior ou total.

7 - No caso do tratamento com Implantes Dentários a que chamamos de ROTA – Reabilitação Oral Total Avançada, o paciente faz a substituição de todos os dentes de uma arcada dentária, ou da boca toda. Para este tipo de tratamento, feito em pacientes edêntulos (sem dentes), ou que tenha dentes comprometidos e que devam ser retirados na sequência das necessidades do tratamento, o cronograma do plano de tratamento permite que dentro de 30 dias o paciente já possa usufruir das suas novas próteses dentárias provisórias, enquanto aguarda pela cicatrização e osteointegração dos Implantes Dentários. Isto, claro, se a saúde do paciente o habilitar para todos os procedimentos necessários, tendo em vista o sucesso do tratamento e o bem-estar do paciente, que está sempre em primeiro lugar.

É exatamente isso que acabou de ler: pode ter novas próteses dentárias provisórias até 30 dias.

Se é o tipo de paciente que demorou anos para procurar ajuda e quer uma solução rápida, pode apostar nos Implantes Dentários sem medo ou receio da decisão.

As próteses são chamadas de "provisórias" porque antecedem a colocação dos implantes dentários definitivos, mas não é por isso que são feias ou desconfortáveis. Pelo contrário: muitos pacientes mostram-se tão satisfeitos com as provisórias que poderiam dar por terminado o tratamento neste momento. Mas, como sabem que o resultado final será ainda melhor, com implantes dentários fixos, seguros, com aspeto ainda mais natural e duradouros, entendem que o tratamento deve ser seguido até o fim e fazem-no com gosto e confiança.

 

Ao seguir todo o plano de tratamento feito pelo médico dentista e se a sua saúde atender aos critérios médicos necessários para o sucesso dos implantes dentários, é um forte candidato a ter um sorriso muito mais bonito, saudável e confortável em até 30 dias, utilizando as suas novas próteses dentárias provisórias.

As próteses provisórias são necessárias para que consiga viver normalmente durante todo o tratamento para recuperar o seu sorriso com a Reabilitação Oral Total Avançada - ROTA. Isto inclui: alimentar-se, sorrir e falar sem qualquer dor, constrangimento ou problema enquanto espera pela cicatrização dos implantes dentários que tenha acabado de colocar. As etapas que acontecem nestes 30 dias são:

- avaliação oral e diagnóstico do tratamento dentário;

- plano de tratamento dentário exclusivo para o seu caso;

- aprovação da proposta comercial, com opções de pagamento facilitadas que se adequam à necessidade financeira do paciente, podendo chegar a 48x sem juros;

- início do tratamento com procedimentos que tratam inflamações, cáries, destartatização, entre outros;

- remoção de dentes que não estão saudáveis e que impedirão o correto tratamento dentário com implantes dentários;

- realização de molde para fazer a prótese provisória, que já se assemelha ao sorriso que terá no fim do tratamento completo;

- prova do molde para testar o encaixe e fazer ajustes necessários, para que as novas próteses provisórias fiquem perfeitas e confortáveis;

- colocação da prótese provisória enquanto executa as próximas etapas e aguarda a cicatrização dos implantes, até ao fim do tratamento e da colocação das coroas que vão substituir os seus dentes perdidos.

Assim, já pode sorrir com dentes muito mais bonitos do que antes, melhora o seu visual, a mastigação normaliza e a sua autoconfiança aumenta substancialmente! O início da transformação já tem tantas vantagens das quais nem fazia ideia, não é?

Tudo isto pode acontecer num prazo de até 30 dias, quando o paciente vai a todas as consultas, respeita e cumpre todas as orientações médicas e faz o seu melhor, juntamente com o médico dentista, para que o seu sorriso fique bonito e saudável num curto espaço de tempo.

Vantagens da sua nova prótese dentária provisória

Como já dissemos, com as suas novas próteses dentárias provisórias, já vai sentir uma grande diferença no seu aspeto, além de conforto para se alimentar e falar. E vai ficar muito satisfeito e feliz com o seu novo sorriso. Não terá dores, sangramentos ou qualquer dos problemas que sentia antes de iniciar o tratamento para colocação de implantes dentários, além de não precisar mais de esconder os seus dentes ao falar e sorrir.

 

A questão estética tem muito impacto na vida de uma pessoa e percebemos diariamente nas clínicas a satisfação que os pacientes sentem quando se vêem ao espelho no dia em que colocam as suas novas próteses dentárias provisórias: o bem estar e a autoconfiança são indescritíveis, porque é possível perceber que no fim do tratamento estará ainda melhor do que naquele momento.

É por isso que falar sobre esta etapa essencial da recuperação da saúde oral com implantes dentários se torna tão necessária: mesmo que todo o processo demore alguns meses, dependendo do seu caso específico e do seu plano de tratamento (que tem em conta as suas condições de saúde oral), deve perceber que num prazo muito curto de tempo já pode usufruir de novas próteses provisórias e de todas suas vantagens.

E se está a pensar se as novas próteses dentárias provisórias terão um custo adicional no tratamento com implantes dentários, a resposta é simples: não, nas nossas clínicas não tem de pagar mais pelas próteses dentárias provisórias. Sabendo da sua necessidade e importância para o paciente, o valor da prótese provisória, bem como todas as fases do tratamento, já está detalhado e incluído na proposta comercial que lhe é apresentada no dia da consulta de avaliação oral, para que não haja surpresas.

De forma resumida, é importante que perceba que todos os  tratamentos dentários têm etapas cujos tempos devem ser respeitados e que cada caso é único. A sua saúde oral é diferente da saúde do seu companheiro, vizinho ou amigo e requer cuidados e procedimentos específicos, avaliados pelo médico dentista de confiança que cuida do seu sorriso. Por este motivo e, se a sua decisão foi adiada durante meses ou ano, não demore mais.

Veja este momento como um "dia D" na sua vida e escolha o melhor para a sua vida: decida recuperar a sua saúde oral, com a possibilidade de usufruir de um novo sorriso em 30 dias, com uso das novas próteses dentárias provisórias.

Para isso, basta agendar uma consulta de avaliação oral, que não tem qualquer custo associado – mas tem vantagens sem fim para a sua saúde e qualidade de vida. A nossa equipa espera ansiosamente por si, para fazê-lo sentir orgulho do novo sorriso que está por vir e na transformação que fará na sua vida.

QUERO AGENDAR A MINHA CONSULTA SEM CUSTOS AGORA

Relacionado
Saúde Oral
Dores de dentes: quando devo ir ao médico dentista?
By Letícia Beilfuss | 19/10/2020

Fazer check-up anual e visitar o seu médico dentista com regularidade é a melhor maneira para ficar longe de qualquer problema quando se fala de doenças orais. Por outro lado, a dor de dentes pode surgir de repente, sem avisar, e acabar por atrapalhar a sua rotina. Quando isso acontecer, precisa perceber imediatamente do que se trata e se é necessária uma visita ao médico dentista.

Causas da dor de dente

Cárie - é a causa mais comum de dor de dentes. Entretanto, deve-se ficar atento, pois começa a causar desconforto depois de algum tempo, quando já está instaurada. 

Abcesso - também pode ser responsável pela dor de dentes e é causado por infeção e acumulação de pus na raiz. Neste caso é necessário visitar o médico dentista e drenar o pus. Se a situação se agravar, a extração do dente será talvez a única solução.

Sensibilidade - é outro fator que pode causar dor de dentes na ingestão de alimentos frios e quentes.

O que fazer quando não pode ir ao médico dentista imediatamente?

Nada se compara a uma consulta com o médico dentista e, nenhuma medida caseira substitui uma profissional, entretanto, se a dor de dentes surgir e não puder ir a uma consulta em breve, saiba que algumas ações e atitudes podem amenizar o problema. Conheça algumas:

Bochecho com água morna e sal

Esta medida é indicada para quem tem uma infeção no dente. Aqui, o sal é responsável por eliminar a infeção e a temperatura da água vai drenar os fluidos desta infeção, além de acalmar o local inflamado.

Compressa fria ou gelo

Caso perceba que o local onde o dente afetado está inchado, coloque uma pedra de gelo na boca. Vai ajudar a reduzir o fluxo sanguíneo na região e ajudar a desinchar. 

Alimentos que ajudam a combater a dor de dentes

Alguns alimentos podem ajudar no momento da dor, como, por exemplo, o alho, que atua como bactericida. Outra opção é a própolis, pois tem uma poderosa ação anti-inflamatória e não possui contraindicações. Por último, mas não menos importante, vem o cravo-da-índia, rico em substâncias analgésicas e que ajuda a diminuir a dor. Mastigue-o ou faça a sua ingestão através de um chá para amenizar o desconforto. 

Prevenção é a melhor solução

A dor é o sinal que o corpo dá de que algo está bem, portanto, não deve ser deixada de lado. Quando sentir qualquer desconforto na boca, procure um expert. Quando um problema é tratado no início, evita complicações e até pode mesmo travar a perda dentária. Pode parecer algo distante, mas entre uma simples dor e a perda de um dente o caminho não é assim tão longo.

Confie o seu sorriso ao PNID

Há muitas razões para confiar no PNID. Em 10 anos, já contamos com mais de 45.000 casos de sucesso em tratamentos com Implantes Dentários. Durante este período, foram verificados casos diferentes, dos mais simples aos mais complexos, sendo que, para cada um, oferecemos um tratamento especial, exclusivo e indolor. 

Acredite que não está sozinho! Pode contar com os nossos profissionais para tirar todas as suas dúvidas e superar o seu medo de ir ao médico dentista. Agende uma consulta de avaliação oral sem custos, para poder conhecer a nossa clínica mais perto de si! 

Saúde Oral
Mitos e verdades sobre os dentes do siso
By Letícia Beilfuss | 09/10/2020

Não existem dentes que suscitem mais mitos, desconhecimento e problemas do que os dentes do siso, mas sabe o motivo? Os dentes do siso surgem entre os 17 e os 25 anos e são popularmente conhecidos como o dente do juízo. O dente do siso tira o sono a muita gente e poucos são os que sabem alguma coisa sobre eles: como funciona o seu processo de nascimento, extração ou possíveis tratamentos. Leia o artigo e tire as suas dúvidas!

O que são os dentes do siso?

São o último conjunto de dentes molares que, para a maioria das pessoas, apenas aparecem no final da adolescência. Quando estes nascem direitos e alinhados com os restantes, podem ajudar na mastigação. Caso contrário, há grandes chances de criar problemas — podendo mesmo ser necessário retirá-los.

 

É necessário extrair os dentes do siso?

Não. Nem sempre é necessário retirar os dentes do siso. No entanto, dado que são os últimos dentes a nascer, em muitos casos acaba por não existir espaço para eles.

Quando é que é necessário extrair os dentes do siso?

As causas mais comuns e que exigem a extração são:

  • Ficam presos: como são os últimos a nascer, eles podem ficar presos debaixo do maxilar ou das gengivas, causando desconforto.
  • Ângulo errado: os dentes nascem com o ângulo errado, criando alguma pressão sobre os restantes.
  • O maxilar é demasiado pequeno: poderá não existir espaço no maxilar para ter uma dentição completa e os dentes do siso.

Dentes do siso podem nascer já com cárie? 

Sim. Como o siso também está numa região de difícil acesso para a escovagem dos dentes, é comum que acumule mais resíduos alimentares nessa região e torne o local mais propício à cáries. Mesmo que o dente não esteja visível na boca, se houver inflamação na gengiva as bactérias podem atacar o dente, provocando cárie. Neste caso, a indicação é que seja feita a extração do dente.

Todas as pessoas têm 4 dentes do siso?

Não. Tem sido cada vez mais comum as pessoas nascerem sem estes dentes. Pela evolução dos padrões alimentares nos últimos séculos, com comidas mais pastosas e cozidas, o siso tornou-se como  um dente “em extinção”. É uma adaptação do ser humano à evolução da espécie.

Quando se extrai um dente, é necessário retirar os outros todos?

O que se recomenda é que, por exemplo, se foi retirado o siso superior do lado esquerdo, o inferior do mesmo lado também seja extraído. É o chamado dente antagonista. Esse dente pode tentar ocupar o espaço do dente removido e magoar a gengiva oposta.

Por que motivo temos dentes do siso?

Segundo diversos historiadores, os nossos antepassados tinham este conjunto extra de molares para facilitar a mastigação de comida crua. Antigamente as pessoas alimentavam-se de maneira diferente, muitas vezes sem cozinhar adequadamente os alimentos e sem opções para substituir as proteínas acabavam por perder muitos dentes. Então, o dente do siso nascia para substituir essas perdas. Hoje isso já não se verifica. É uma evolução natural do ser humano e chegará um momento em que o dente do siso poderá deixar mesmo de existir.

Confie o seu sorriso a experts

O sorriso é o nosso cartão de visita. Além de necessitar de cuidado e atenção por falarmos de saúde, o sorriso também tem um papel muito importante na nossa autoestima. Comece já hoje a mudar a sua vida. Marque a sua consulta de avaliação oral SEM CUSTOS e venha conhecer o PNID – Programa Nacional de Implantes Dentários

 

Saúde Oral
Dia do sorriso: 5 dicas para cuidar do seu
By Matheus Joffre | 02/10/2020

Engane-se quem pensa que cuidar dos dentes é uma preocupação apenas estética. A boca é um dos órgãos mais expostos do nosso corpo e pode ser a porta de entrada para diversos problemas dentários. Por isso, a prevenção é, sem dúvida, a chave para uma melhor saúde oral.

Para prevenir existem duas maneiras que devem ser trabalhadas juntas. Um fator relevante para quem procura um sorriso saudável e bonito é ir ao médico dentista com regularidade. Além da visita regular a um expert, também necessitamos de prestar atenção à nossa rotina. Algumas atitudes e hábitos diários contribuem e diminuem riscos. Vamos falar sobre cada um deles nos próximos tópicos. 

Vantagens de cuidar do sorriso

Um sorriso bonito transmite a ideia de saúde, higiene e bem-estar. Não é à toa que se costuma dizer que ele é o cartão de visita de qualquer pessoa. Veja mais vantagens de cuidar do seu sorriso:

  • Evita doenças;
  • Evita a perda de dentes;
  • Adquire autoestima;
  • Garante gengivas saudáveis;
  • Assegura uma boa mastigação.

5 dicas que ajudam a cuidar do seu sorriso

Dedique-se à higienização dos dentes

Não tenha pressa! Uma escovagem rápida é melhor que nada, entretanto, evite apressar. Quando não escovamos os dentes de maneira correta, acumulamos restos de comida, causando mau hálito e, com o tempo, a proliferação de bactérias. Tente escovar os dentes 3x ao dia (manhã, após o almoço e antes de dormir).

Use o fio dentário

O fio dentário é responsável por chegar a alguns locais dos dentes que as escovas não chegam, por isso é que o seu uso é tão importante. Tente usá-lo sempre que for fazer a higienização dos seus dentes, se não for possível, use, pelo menos, uma vez por dia e preferencialmente antes de dormir.

Escolha produtos de qualidade

Produtos de qualidade não significam necessariamente os mais caros da prateleira do supermercado ou da farmácia. Leia atentamente sobre a pasta dentífrica escolhida e a sua composição. Já em relação às escovas, prefira as que possuem cerdas macias ou médias, pois essas não agridem tanto o esmalte dos dentes. Outra recomendação é não esperar que a sua escova fique velha para trocar. Troque a cada três meses, pelo menos, ou quando observar que as cerdas estão muito escuras. Se quiser ser ecologicamente correto, experimente a escova de bambu!

Vá ao médico dentista!

Prevenção sempre será a melhor solução quando se trata de saúde oral. Crie o hábito de ir ao médico dentista, da mesma maneira que tem o costume de fazer um check-up anualmente.

Alimentação também é importante

Poderíamos iniciar este tópico dizendo-lhe para evitar doces, mas proibir nunca é a solução. Se não abre mão de um doce, pelo menos mantenha a limpeza dos dentes após consumi-los, principalmente antes de dormir. Pode comer doces, mas evite dormir com vestígios deles nos dentes. Além disso, esteja ciente que alimentos que possuem mais corantes na sua composição, podem influenciar a coloração dos seus dentes.

Por fim, use a alimentação ao seu favor. Consuma alimentos ricos em cálcio, que ajudem a fortalecer os dentes e a combater a acidez, que provoca o desgaste do esmalte. Logo, leite, iogurte e queijo são ótimos alimentos para incluir na sua alimentação. Outras dicas como maçã, pera, melão e morango também ajudam a evitar o processo que pode acabar por deixar os seus dentes amarelos.

Confie o seu sorriso a bons experts

Saber em quem confiar o seu sorriso é uma decisão muito importante, pois melhorar ou mudar o seu sorriso vai ajudá-lo a ser mais feliz. E, consequentemente, prevenir doenças e transtornos futuros. Para o ajudar a ter uma saúde oral em dia, através da colocação de Implantes Dentários, confie no PNID, o Programa Nacional de Implantes Dentários.

Temos mais de 45.000 casos de sucesso, profissionais capacitados, experts em Reabilitação Oral e em transformar sorrisos. Seja um deles!